Itália, tumor no estômago e Dr. Paulo por Eve Ferretti atualizado em: 08.05.2018 0

O segundo semestre do ano de 2014 foi bem estranho. Eu me sentia diferente, fraca, era como se meu cérebro não estivesse funcionando, meus cabelos caíam aos montes e eu tinha dificuldade de dormir à noite. Pensava ser o stress, afinal muitos trabalhos meus haviam sido cancelados, eu estava preocupada. Por outro lado, meu primeiro livro seria publicado em fevereiro de 2015, “só” faltava a arte final, fazer as pinturas das telas dos desenhos que havia esboçado. Sabia que pintar o “Menina que organizava” não seria fácil, pois tinha me proposto a fazer algo trabalhoso, mais do que sempre. Mas a execução das pinturas começou a ficar muito mais difícil do que eu imaginava.

Meu diagnóstico por Eve Ferretti atualizado em: 28.03.2018 0

O ano de 2011 foi um ano complicado e difícil. Eu inchava todos os dias, comecei a usar blusas largas, batinhas etc. Eu brincava comigo mesma dizendo que eu era uma princesa encantada que todos os dias depois do pôr do sol se transformava em “baiacu”, também chamado “peixe balão” em Portugal, rsrsr. Foi um ano de sofrimento e idas aos médicos. Só no final do ano que um médico cogitou que talvez, quem sabe, eu pudesse ser celíaca. Eu não fazia a menor ideia do que era isso.

Sou Eve Ferretti, escritora, ilustradora e celíaca… por Eve Ferretti atualizado em: 25.02.2018 0

Sim, dentre as muitas coisas que sou, sou celíaca, ou seja, tenho a Doença Celíaca (D.C). Como artista, uso minha obra para me expressar e neste momento não está sendo diferente. Falar com a minha arte sobre a doença com a qual convivo diariamente está sendo uma necessidade pra mim.

Entre em contato com a

Célia Celíaca

Prove sua Humanidade: 4+1=?