• 46
    Shares
Com a palavra Gustavo Negrini
Um apaixonado por saúde e nutrição

Glúten Free Brasil é o maior evento glutenfree da América Latina, que na última edição contou com 1900 participantes, entre profissionais da saúde, empresas do setor de alimentação saudável, estudantes, lojistas, atacadistas do setor e formadores de opinião.

Na oportunidade, contatamos com Gustavo Negrini, que além de empreendedor, entusiasta e apaixonado por nutrição, é diretor da E4 Agência de Comunicação e Marketing, voltada para o segmento de nutrição, esporte e bem-estar.

Gustavo relatou que a ideia da E4, agência que promove a GF Brasil, surgiu depois da comprovação de que marketing nutricional tem muito conteúdo para ser trabalhado. A união da sua paixão pela nutrição e pela comunicação foi motivo suficiente para a criação da Agência E4. Há mais de 10 anos, quando começou a pensar em glutenfree, percebeu o quanto havia de informação que não chegava aos nutricionistas. Essa foi a motivação que o levou a criar o evento Glúten Free Brasil, além de outros ligados à nutrição, como o Meeting Brasileiro de Nutrição Esportiva, o Meeting Brasileiro de Nutrição Estética e o Life Style Summit.
Numa campanha nacional de produtos sem glúten, constatou-se a falta de informação tanto para nutricionistas quanto para o consumidor final. O GF Brasil nasceu direcionado a informar nutricionistas e ampliou o público para médicos, chegando aos Chefs de cozinha, todos participantes do Congresso Brasileiro de Gastronomia Funcional. Gustavo não imaginou a repercussão do evento, que se tornou de grande porte e é um orgulho para o Brasil. O trabalho, planejado com critérios na programação cientifica do evento e executado com profissionalismo, tem como convidados nomes da nutrição do Brasil, além de palestrantes do Canadá, Inglaterra, Portugal, entre outros.
Pessoas celíacas, assim como alérgicas ao glúten e sensíveis ao glúten não celíaco, precisam dos produtos glúten free. E já se nota uma sensível diminuição na ingestão de glúten, por questão de saúde, por pessoas com mais informações, como as que nos seguem, na Célia. Entre elas, o Gustavo, que faz uma dieta livre de glúten, contidos no trigo, centeio e cevada.

Ao referir-se ao perfil do consumidor de hoje, Gustavo afirma que se dividem entre aqueles que têm uma necessidade real de ter uma dieta livre de glúten por uma questão de saúde, por doença celíaca, doença de Crohn ou demais patologias relacionadas, e aqueles que têm um desejo.
Pode ser que tenha surgido uma moda, mas a dieta com pouca ou baixa ingestão de glúten faz diferença na vida das pessoas. Um número significativo de consumidores, mais esclarecidos, percebe os benefícios de uma dieta com baixa ingestão de glúten.

Gustavo afirma que a questão do glúten é um problema de saúde pública, no Brasil, pois o consumo de farinha branca refinada é enorme. Apesar de toda a revolução verde, não houve impedimento para a mudança na genética no trigo. E esse é um fato que muitos desconhecem. Com o intuito de informar, foi criado o GF Brasil, que apresenta expositores de vários portes, como a confeiteira que está começando com sua microempresa, até uma Jasmine ou Schar. O DNA da E4 e da Glúten Free Brasil sempre foi o de ajudar, principalmente os menores. Todos os anos, após um trabalho de curadoria, dentro do Glúten Free, são convidadas entre quatro a seis empresas para exporem, sem custos.

Constata-se o crescimento do evento, com sold out dos espaços, das salas de palestra. Crescer não é uma surpresa para o GF Brasil, pois todo o ano se registram novas adesões, que o consolida, deixando todos felizes por atingirem suas metas.
Na edição de 2018, ouviram-se catorze palestrantes, sendo três internacionais, que falaram para o Congresso Brasileiro de Gastronomia Funcional e realizaram cursos. E aconteceu o primeiro Encontro Nacional de Celíacos.
O evento, de dois dias, foi dividido em três salas, onde se organizou o congresso, a sala de tendências e nutrição, que fala com o varejo e a sala de cursos, ministrados por Pedro Bastos, Renata Bagarolli, entre outras pessoas. O alimento homenageado foi o coco, que contou com um lounge, oferecendo grande interação com o público.
Gustavo destaca que todos os anos há adesão de marcas novas e talvez o que chame mais a atenção é o mix de produtos, que vem aumentando esse sortimento. As marcas estão investindo e a tendência é não só deixar sem glúten, mas sem glúten e um alimento saudável.
No Brasil a questão do veganismo e do plant-based também está muito forte, de modo que se espera o crescimento do evento para os próximos anos.

Comparado à década passada, o mercado GF cresceu, mudou, mas há muito para crescer, pois há empresas que ainda não entenderam a questão do trigo e suas causas, além da contaminação cruzada e as outras que devem declarar que contém glúten, por causa da contaminação cruzada.
O grande varejo recebeu melhor nos últimos dois anos, no Brasil, os produtos sem glúten, pois há muito mais opções. Porém a informação ainda não chegou para todos. As classes menos privilegiadas não entenderam o que é a doença celíaca, o que é uma intolerância, etc.
A doença celíaca é sempre pauta no GF Brasil, que lançará a programação para 2019, no início do ano, após deliberações com o Departamento Científico.

Gustavo elogia Célia Celíaca, o primeiro personagem glúten free do mundo, que é brasileiro: “É uma personagem com humor, com o tom de voz muito interessante que leva informações de maneira importante. Pelo fato de a gente estar sempre muito ligado ao universo científico e palestras e falar com profissionais da saúde, nosso tom é mais técnico. Eu acho que essa tradução da Célia Celíaca é interessante, alcançando Brasil e Portugal, já que temos o privilégio de falar o mesmo idioma. Convido-a para participar nos dias 12 e13 de julho/2019, em São Paulo”.

O surgimento da E4 Agência.
Gustavo exercia o cargo de gerente de marketing numa rede de academia e já trabalhava com marketing esportivo, voltado para o fitness. Desse modo, conheceu a nutrição e percebeu sua importância na vida das pessoas, pois só a atividade física não dava resultados eficientes. O entendimento dos pilares: sono, nutrição, atividade física e sua importância, resultaram numa paixão pela nutrição. Foi nessa época que recebeu, por acaso, o cartão de uma loja de produtos naturais e teve a impressão que se tratava de uma loja com cheiro de incenso, para o público “bicho Grilo” – que é uma referência às pessoas mais alternativas, no Brasil. A loja, que coincidentemente ficava num local onde ele já havia trabalhado como professor de inglês, é a Mundo Verde, que possui uma estrutura fantástica.
Gustavo inspirou-se e ampliou o seu universo de possibilidades. Organizou o DNA da E4, a primeira agência de marketing nutricional do Brasil. Criou um departamento de nutrição científica, com nutricionista e uma cozinha estúdio e o layout de loja. E seu primeiro cliente foi a Mundo Verde.

Ao longo desses quase 12 anos de E4 Agência, a maior parte dos suplementos, nutracêuticos, alimentos funcionais, enfim todo o mercado sem glúten, se alguém pensar em algum lançamento, certamente passou pela E4.
É uma honra, para a E4 contribuir para a história da nutrição recente do Brasil e talvez a história do Gustavo se confunda com essa história de nutrição.

O Glúten Free 2019 será realizado em 12 e13 de julho, em São Paulo.
É sempre meta que seja a melhor edição de todas, mas principalmente essa em que completará 10 anos. Uma década de Glúten Free.
“Será um ano de celebração que terá muita coisa bacana, muitas novidades e já fica aí, para a Célia Celíaca, o convite!!!”

Edição e revisão: Marilza Conceição.

Entre em contato com a

Célia Celíaca

Prove sua Humanidade: 6+5=?