eve_ferretti

Eve Ferretti

Direção Geral

Célia Celíaca é inspirada na vida da ilustradora e escritora Eve Ferretti. Celíaca e natural de Curitiba, Brasil, vive actualmente no Porto, Portugal. Ganhou vários prémios de literatura dos quais destacamos: o Selo de distinção da Cátedra Unesco 2016 pela  sua obra “Moscas e Outras Memórias”, e as duas vezes “Menção Honrosa” no Prémio João de Barro de Literatura, um dos prémios mais prestigiados do Brasil, na categoria Álbum Ilustrado. Trabalha há mais de 10 anos na área da ilustração e editorial.

pedro_mota_teixeira

Pedro Mota Teixeira

Direção de Arte

Professor Adjunto da Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, é Diretor do Depar-tamento de Arte e Comunicação e Coordenador da área científica dos Audiovisuais. Licenciado em Design de Comunicação e Mestre em Arte Multimédia pela Faculdade de Belas Artes do Porto, é ainda Doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho. Possui mais de 15 anos de experiência como realizador de cinema de animação, designer e ilustrador.

evandro_manffra

Evandro Manffra

Marketing & Vendas

Possui MBA em Gestão Comercial pela Fundação Getúlio Vargas, licenciado em Engenharia de Produção pela Univer-sidade Estácio de Sá e Eletrotécnico formado pelo CEFET PR. Atualmente atua como representante comercial no segmento de ingredientes no Paraná e possui mais de 10 anos de experiência com desenvolvimento de negócios no segmento de engenharia e construção para multinacionais na América do Sul.

erika_busani

Erika Busani

Jornalista

Jornalista há mais de 20 anos, trabalhou por 15 na Gazeta do Povo, o maior jornal do Paraná, Brasil. Sempre gostou de contar histórias de pessoas, especial-mente as que envolvem superação. Numa dessas matérias encontrou a Eve e as duas viraram melhores amigas de infância instantaneamente :-). “O projeto Célia Celíaca é uma oportunidade de realizar meu sonho de trabalhar para um bem maior, disseminando informações capazes de impactar positivamente a vida das pessoas. E o melhor: usando o humor, porque nada melhor que uma vida mais leve.”

eduardo_mota_teixeira

Eduardo Mota Teixeira

Programador Web

Programador profissional há mais de 20 anos. Tem uma vasta experiência nas mais variadas linguagens de programação. Nos últimos anos tem desenvolvido trabalho na área dos videojogos e web.

Doença Celíaca e outras desordens

grafico_o_que_e_o_gluten

FONTE: http://belivebefree.com.br/wp-content/uploads/2014/12/AFINAL-O-QUE-E-GLU.png

A doença celíaca é uma  desordem sistêmica autoimune, desencadeada pela ingestão de glúten. É caracterizada pela inflamação crônica da mucosa do intestino delgado que pode resultar na atrofia das vilosidades intestinais, com conseqüente má absorção intestinal e suas manifestações clínicas. O glúten é uma proteína que está presente nos seguintes alimentos: trigo, aveia, centeio, cevada e malte. A doença celíaca ocorre em pessoas com tendência genética à doença. Geralmente aparece na infância, nas crianças com idade entre 1 e 3 anos, mas pode surgir em qualquer idade, inclusive nas pessoas adultas. Além da celíaca existem outras desordens relacionadas com o glúten, como mostra o gráfico seguinte:
grafico_desordens_4

FONTE: http://www.riosemgluten.com/desordens_relacionadas_ao_gluten.htm

Como a Célia Celíaca nasceu!

O ano de 2015  foi crucial na vida da ilustradora e escritora Eve Ferretti. Embora tenha sofrido com sintomas clássicos da Doença Celíaca desde criança, o diagnóstico veio apenas na idade adulta, em 2012.

Mas só três anos depois, quando recebeu a notícia de um tumor benigno no estômago, ela viu-se confrontada com a verdadeira realidade da doença. Havia ainda outros problemas, como a intolerância à lactose – muito comum nos celíacos.

Este agravamento do seu estado de saúde só aconteceu porque o médico que a acompanhava não a alertou sobre os riscos da contaminação cruzada. Foi apenas quando começou a ser acompanhada de forma adequada pelo gastroenterologista Paulo Roberto Costa Claro, reconhecido especialista em Doença Celíaca no Brasil, que recuperou seu estado de saúde.

Conversando com outros celíacos, Eve percebeu que a grande maioria também recebera um diagnóstico tardio ou incorreto, e pouquíssimos eram acompanhados de forma adequada.

A falta de divulgação e a quantidade de pessoas com as mesmas perguntas e problemáticas eram evidentes e ela sentiu que precisava fazer algo a respeito. Resolveu então usar seu talento de ilustradora e seu humor perspicaz para revelar a vida dos celíacos e disseminar informações e alento de uma maneira leve sobre um assunto pra lá de sério. Assim nasceu a Célia Celíaca.

Inspirada na realidade de Eve, a personagem deu início a um projeto maior, que se propõe a incentivar a mudança de hábitos essencial no pós-diagnóstico.

Conhece o estilo de vida sem glúten?

Uma vida sem glúten é o único tratamento disponível para os celíacos. Para eles, para quem tem outras desordens relacionadas com o glúten e para o familiar ou amigo que convive com o celíaco, torna-se fundamental cuidar da alimentação, do ambiente à volta e da contaminação cruzada. Procuramos também responder aos que buscam uma maior qualidade de vida, diminuindo a ingestão de glúten e lactose.

Queremos incentivar essa mudança dedicando-nos ao projeto da Célia Celíaca – GlutenFree Lifestyle, produzindo conteúdo e divulgando informações de uma forma organizada e repleta de humor. Vamos falar sobre a celíaca, alergias, intolerâncias alimentares e outras desordens, incentivando todos a levarem um estilo de vida saudável, cuidando do corpo e da mente!

A marca Célia Celíaca GlutenFree LifeStyle acredita no poder da identificação e da empatia.

O que falam da Célia

“Great to see this page is so popular with great content like this.”

Gluten Free World

“Célia, é muito bom ver que você representa milhões de pessoas que não podem comer glúten! Melhor ainda ver que se tornou uma pessoa saudável, forte, atlética, bem disposta, plena, pró-ativa, inteligente, acolhedora e bem humorada. Precisamos muito de você! Você é a primeira personagem de história em quadrinhos que é celíaca e isso é empoderamento”.

Flávia Anastácio de Paula

(Celíaca, professora, membro da Acelfoz e moderadora do grupo Viva Sem Glúten – Brasil)

“Gostaria de parabenizar pela iniciativa em desenvolver a personagem Célia Celíaca, que trata de um problema tão sério e atual como a doença celíaca e outras alergias alimentares de uma maneira leve, prática e muito bem humorada, passando informações realistas e importantes do cotidiano de um celíaco. Tenho certeza de que este projeto e as informações têm bases científicas que são transmitidas para relatar a luta diária de quem convive com restrições alimentares para sobreviver. Desejo que muitas pessoas tenham acesso à vida da Célia Celíaca e possam se beneficiar com as informações contidas nessas alegres tirinhas. Sucesso e saúde à Célia Celíaca!”

Mariane Rovedo

(Celíaca, nutricionista, membro Acelbra do Paraná – Brasil)

“Célia, uma amiga com humor para seguir e interagir!”

Ana Revês Pimenta

(Celíaca, médica hematologista, consultadora em doenças associadas ao glúten, coadministradora do grupo Viva sem Glúten – Portugal)

“A Célia mostra o cotidiano dos celíacos e suas dificuldades diárias. Assim acontece uma identificação com a personagem, fazendo com que as pessoas tenham a sensação de pertencer a um grupo.  A Célia faz com que os celíacos encarem a doença de forma divertida, interagindo com a personagem e vendo a vida celíaca de outra maneira. E agora com o novo site poderemos ampliar este relacionamento e ter ainda mais informações sobre a doença celíaca.”

Solange Nascimento

(Celíaca, presidente da Acelbra do Paraná – Brasil)

Contatos